Capa » Medicamentos » Epharrma: na mira do primeiro bilhão

Epharrma: na mira do primeiro bilhão

Em 2020, a epharma, healthtech especializada na gestão de benefícios em medicamentos, registrou a marca de R$ 750 milhões de economia na compra de medicamentos para seus mais de 30 milhões de beneficiados pelo país. Ainda para este ano, a empresa projeta chegar a R$ 1 bilhão. Com isso, a epharma mais do que dobrará sua participação no mercado, que já corresponde a 4% de toda a movimentação do mercado farmacêutico no Brasil.

“Para tanto, estamos realizando o maior investimento da nossa história: serão mais de R$ 30MM investidos nos próximos dois anos com o objetivo de criarmos uma nova organização com colaboradores capacitados e motivados por crescimento e inovação, focados na jornada do paciente e toda dinâmica com o mercado”, destaca Eduardo Mangione, presidente da epharma.

Sobre a ePharma

A ePharma é uma das principais plataformas de gestão de benefícios de medicamentos do país. A empresa, fundada em 1999, atua como um elo, unindo os ecossistemas de tecnologia e saúde, e criando conexões inteligentes entre os seus principais públicos: indústrias farmacêuticas, operadoras, empresas privadas de diversos segmentos, setor público, farmácias e drogarias, assim como startups de saúde Pioneira ao lançar o PBM – Plano de Benefícios de Medicamentos no Brasil em 2000, conta com mais de 30 mil farmácias e 1,8 mil clínicas e laboratórios credenciados em todo o país, beneficiando 30 milhões de pessoas e gerando R$ 750 milhões de economia em 2020.

Mais informações em www.epharma.com.br.

Fonte: Máquina CW

Para ler mais sobre sua saúde, clique aqui.

Sua saúde física e mental,  medicamentos, farmácias e drogarias estão no Portal 2A+ Remédios com atualizações diárias a qualquer momento.

As informações veiculadas neste Portal de Notícias  têm caráter apenas informativo e não podem substituir, em qualquer hipótese, as recomendações do médico ou farmacêutico nem servir de subsídio para efetuar um diagnóstico médico ou estimular a automedicação. O médico é o único profissional competente para prescrever o melhor tratamento para o seu paciente. Não se automedique, consulte sempre um Médico ou Farmacêutico em suas respectivas áreas de responsabilidade.

As informações veiculadas neste Portal de Notícias são de responsabilidade exclusiva das fontes citadas para todos os fins legais, sejam Assessorias de Imprensa, Marketing, Profissionais ou não, ou quaisquer outras, e não caracterizando em nenhum momento opinião, recomendação, aval ou informação de responsabilidade dos realizadores deste Portal de Notícias.

Sobre admin

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*

Receba nossa newsletter e fique por dentro das novidades do mercado Clique aqui